Cirurgia da vesícula

A colecistectomia é a cirurgia para a retirada da vesícula. Sua principal indicação é devido a casos de cálculos (pedras), embora existam outras razões para que ela seja realizada, como a presença de pólipos na vesícula e outros procedimentos médicos. 

No caso de cálculos a cirurgia é indicada para pacientes que apresentam sintomas como desconforto na parte superior do abdome, náuseas e enjoos e sensação de estufamento. Muitos pacientes são assintomáticos, encontraram os cálculos em exames de rotina e, nestes casos, cabe ao médico e ao paciente decidir se a operação é indicada ou não, considerando aspectos como a idade do operado, o tamanho das pedras e a condição geral de saúde. 

Casos de pólipos na vesícula são incomuns e não geram nenhum sintoma. A preocupação é o risco de evolução para um câncer e a indicação ou não da cirurgia vai depender do tamanho do pólipo encontrado. 

A recuperação da cirurgia de retirada da vesícula é simples, sem restrição de dieta ou de movimentos: o paciente pode andar pela casa, subir escadas e fazer caminhadas leves. É comum sentir um pouco de dor e inchaço na região.

Rolar para cima