6 cuidados especiais para a saúde da mulher

Postado por Suzanclin em 28/mar/2022 - Sem Comentários

Neste mês tão especial de luta para todas as mulheres, para encerrar com chave de ouro decidimos trazer algumas dicas especiais para que você mulher se cuide e se ame cada vez mais. É verdade que cada mulher é única e precisa de cuidados individuais mas hoje vamos te falar de recomendações também importantes pra sua saúde.

1. Cuide da sua alimentação

Sim essa é uma recomendação universal, mas como as mulheres têm maior tendência para acumular gordura em certas partes do corpo, o cuidado com a alimentação faz a diferença para controlar por exemplo o colesterol. Não estamos falando de dietas restritivas mas sim que você encontre uma alimentação balanceada e com acompanhamento profissional.

2. Pratique atividades físicas

Nós todos sabemos o quanto o sedentarismo faz mal, então para um corpo e mente saudável escolha uma atividade que te dê prazer e tenha frequência.

3. exames periódicos em dia

Sabe aquele check-up anual? Como anda o seu? Ele é essencial para diagnosticar doenças o quanto antes e ter um acompanhamento médico. Exames como a mamografia ou o Papanicolau por exemplo devem ser feitos todo ano, não esqueça. Procure seu médico.

4. Visite o médico com frequência

As visitas ao médico especializado na saúde da mulher não devem acontecer apenas para a realização de exames. Se notar qualquer sintoma ou desconforto, é preciso procurar um especialista para receber o diagnóstico e o tratamento adequados. Também é importante conversar com especialistas para definir métodos de contracepção ou tirar dúvidas sobre o próprio corpo, por exemplo.

5. Cuide da saúde mental

Nestes últimos dois anos de pandemia muito se falou sobre saúde mental. Não deixe pra depois, procure ajuda profissional que podem ajudar em quadros como depressão, ansiedade e estresse além de ajudarem a manter um equilíbrio emocional.

6. Cuide da higiene íntima

Dê atenção à sua região íntima para evitar infecções comuns, como a candidíase. É crucial usar apenas produtos recomendados para a área (e pelo médico), além de evitar uma limpeza agressiva. Também é importante ter cuidado com alguns hábitos, como não usar roupas muito apertadas, não ficar com a roupa íntima ou biquíni molhado um longo tempo e não compartilhar certos objetos pessoais.

Fonte: Einstein

Especialidades Suzanclin: Alergista e Imunologista

Postado por Suzanclin em 14/mar/2022 - Sem Comentários

Continuando nossos posts sobre especialidades médicas que atendemos aqui na Suzanclin, hoje vamos falar sobre o médico alergista e imunologista.

A graduação na faculdade de medicina tem a duração de 6 anos, sendo apenas o início da carreira do médico, que vive em constante atualização. A especialização é um passo natural para aqueles que desejam seguir uma área de atuação, para receber o título de especialista, o profissional precisa realizar 2 anos de residência em Clínica Médica e após, realiza sua especialização na residência de Alergista e Imunologista, que tem a duração de mais 2 anos, totalizando ao todo, 10 anos de estudos para obter o título de especialista.

É muito comum pensarmos que essas duas especialidades possuem a mesma função, mas, na verdade, essas especialidades possuem as suas diferenças.  

Alergista

O médico alergista é o responsável por diagnosticar e tratar as doenças alérgicas.  Basicamente, alergia é uma resposta do sistema imunológico, de inúmeras substâncias que entram em contato com o nosso organismo, seja elas respiratórias, epidérmicos ou por alguma ingestão.

É mais comum apresentar quadros de alergias na infância do que na vida adulta, pois, na infância, o sistema imune é mais ativo, reagindo com mais intensidade com as substâncias externas.

Alergias mais comuns

As alergias respiratórias, são uma resposta do sistema imunológico a substâncias como: ácaro, pelos, mofo, pó e fungos. Essas substancias, ao entrar em contato com uma pessoa alergia, acabando provocando problemas no trato respiratório. Seus sintomas mais frequentes são: irritação no nariz, olhos e gargantas, tosse seca, dor de cabeça e secreção nasal. Segundo a Organização Mundial de Saúde 30% da população brasileira sofre de rinite alérgica.

Alergias mais comuns e seus sintomas

  • Rinite
  • Coceira, entupimento e secreção nasal
  • Irritação nos olhos e garganta
  • Dor de cabeça
  • Bronquite
  • Tosse com catarro ou seca.
  • Falta de ar
  • Cansaço
  • Sinusite
  • Dor de cabeça e atrás dos olhos
  • Pus
  • Nariz entupido e perda de olfato
  • Asma
  • Falta de ar
  • Sensação de aperto no peito
  • Tosse e chiado no peito

Como aliviar os sintomas?

O mais indicado, é sempre procurar a ajuda de um especialista. Seja ele um Alergista ou Clínico Geral. Mas existem algumas providências que podem ser tomadas, que ajudam a aliviar os sintomas:

  • Manter a casa limpa e sem a presença de pó
  • Manter os animas fora de casa
  • Evitar carpetes e cortinas de pelo
  • Deixar a casa sempre aberta e arejada
  • Beber no mínimo 1 litro de água no dia

Imunologista

O médico imunologista é o responsável por estudar o sistema imunológico, que é quem garante a proteção do nosso corpo, evitando que substâncias ruins afetem a nossa saúde. O especialista também é responsável por realizar estudos sobre medicações e vacinas, que irão ajudar a fortalecer o sistema.

O sistema imunológico, é composto por células que realizam a defesa do corpo humano contra possíveis invasores, como no caso das bactérias, vírus, fungos e entre outros.

Principais doenças tratas pelo Imunologista

  • Diabete tipo 1;
  • Lúpus;
  • Vasculite;
  • Doença Celiaca;
  • Doença de Crohn

Dicas para fortalecer a imunidade

Como foi dito ali em cima, a melhor opção é sempre buscar a ajuda do especialista, mas deixamos algumas dicas que podem ajudar.

  • Tome banho de sol todos os dias – A vitamina D é fundamental para fortalecer as defesas do sistema imune, é recomendado tomar sol, mas com cuidado. De preferência até as 10 horas e após às 16 horas.
  • Beba água – A hidratação é fundamental para o bom funcionamento de todo o corpo, principalmente das partes que fazem a defesa do organismo. É recomendado no mínimo 1 litro de água por dia.
  • Evite alimentos industrializados – Alimentos congelados ou fast foods, são ricos em substâncias que são prejudiciais para a nossa saúde, e podem provocar infecções que vão abaixar a imunidade do nosso corpo.

Agora que você já sabe qual a função desses especialistas, saiba que temos essas especialidades aqui na Suzanclin. Entre em contato com a nossa central de agendamento e marque sua consulta.

Suzanclin
(11) 4745-3600

Teleconsulta para Bariátricos na Suzanclin

Postado por Suzanclin em 07/mar/2022 - Sem Comentários

Com a chegada da Covid-19 o isolamento social foi necessário para a diminuição do contágio do vírus. Uma das alternativas que apareceram para que o paciente não deixasse de passar em consulta, foi a telemedicina. Esse método usa a tecnologia ao seu favor, tornando possível o paciente passar em consulta de qualquer local, desde que esteja conectado a uma rede de internet com o auxílio de um aparelho eletrônico, contendo as especificações adequadas.

Através dessa consulta, o especialista pode avaliar quando é necessária uma consulta presencial e quando é possível fazer o acompanhamento por consulta online. Pelo acompanhamento remoto o médico pode solicitar exames, trocar receitas e diversas outras situações que podem ser realizadas dentro do consultório.

Mas no caso de um paciente que escolhe realizar a bariátrica, será que é possível iniciar e encaminhar a cirurgia através da teleconsulta? Quais os prós e contras? Como agendar? No blog de hoje, iremos responder essas dúvidas.

Teleconsulta para bariátricos na Suzanclin

Para os pacientes que desejam realizar a cirurgia bariátrica e mudar de vida, mas não conseguem se deslocar para o consultório seja por tempo, distância ou outros fatores, a telemedicina é um excelente aliado para as consultas. Por ele, o paciente irá conseguir dar início e andamento nas consultas com o cirurgião e a equipe por vídeo chamada e realizar os exames em locais mais próximos ou acessíveis. Dependendo do protocolo da equipe e cirurgião, o paciente irá precisar passar em consulta presencial no mínimo uma vez, normalmente sendo a última consulta antes da cirurgia, onde os últimos detalhes e informações serão passadas e relembrados.

Esse método, não possui muitos pontos negativos, mas a distância impossibilita que o profissional possa analisar o paciente mais de perto. Para aqueles que realmente não possuem tempo para se deslocar ou a distância impossibilite, vale muito a pena optar por teleconsulta e iniciar a mudança. Mesmo que não substitua a consulta presencial por completo, o paciente irá receber um bom atendimento da mesma forma que receberia presencialmente.

Para você que deseja realizar sua primeira consulta por telemedicina, entre em contato conosco por nossa central de agendamento é rápido e fácil, basta discar 4745-3600 ou nos mandar uma mensagem de texto por WhatsApp, o número é o mesmo.

Ficou alguma dúvida? Entre em contato por nossas mídias sociais.